0

Setembro Amarelo, falar é a melhor solução

Campanha anual de prevenção ao suicídio traz alerta sobre os índices no Brasil  

 

Desde 2014, setembro é mês oficial da campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio no Brasil. O objetivo do movimento é alertar a população sobre o excessivo número de casos de suicídio em nosso país e no mundo.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos e a cada 40 segundos alguém tira a própria vida. Número mais alarmante que este é o de pessoas que comentem a tentativa de suicídio todos os anos. Somente no Brasil são cerca de 32 mortes por dia. Um importante problema de saúde.

No Atlas da Violência 2017, estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública com base nos dados oficiais do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, o alerta está, principalmente, na taxa de jovens que cometeram o suicídio entre os 15 e 29 anos. De acordo com a análise, o número cresceu 10%. A causa é considerada o segundo principal motivo da morte de jovens, ultrapassando o vírus HIV.

O problema, que normalmente é associado a fatores como a depressão, o abuso de drogas e com as questões interpessoais – violência sexual, abusos, bullying e etc, é um quebra-cabeça para pais, professores e especialistas, que precisam identificar os sinais.

Contudo, a OMS calcula que nove em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. Por este motivo o esforço coletivo para promover a campanha e quebrar o tabu do assunto é tão importante. Falar, esclarecer, conscientizar e estimular a prevenção é de máxima importância para reverter o cenário atual.

 

 

 

Imagem & Diagnóstico

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *