0

MENINGITE: UMA DOENÇA INFLAMATÓRIA ALTAMENTE NOCIVA

Conheça os sintomas, causas e meios de prevenção.

Imagem ilustrativa.

Imagem ilustrativa

A meningite é uma doença causada por uma infecção nas meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Essa inflamação pode ser causada por alguns agentes: bactérias, vírus ou fungos que, quando se proliferam, contaminam todo sistema nervoso central e levam a uma série de complicações e enfermidades que podem ser letais. Pode ser também causada por agentes tóxicos.

É necessário estar alerta aos sintomas, já que todos os agentes têm as mesmas manifestações de início e são facilmente confundidas com gripes ou crises de enxaqueca. Os sintomas são: febre alta, vômitos, dor na cabeça e no pescoço, mal-estar e dificuldade de encostar o queixo no peito. Em alguns casos, aparecem manchas arroxeadas que significam que as bactérias estão circulando pelo corpo, ou seja, há uma rápida disseminação da doença pelo organismo, causando uma infecção generalizada.

Assim que quaisquer sinais começarem a surgir, a orientação médica é indispensável, mas um aviso de extrema relevância que precisa ser passado é sobre a automedicação. Quando o paciente começa a se medicar sem certeza do que está cuidando acaba mascarando a doença por algum tempo. Ao amenizar os sintomas, sem curar a doença de fato, gera diversas complicações.

Além de tudo, a doença é altamente contagiosa, principalmente a viral e a bacteriana, seja via gotículas de saliva ou secreções expelidas por infectados. É importante lembrar que não é preciso estar com meningite para transmitir a meningite.

Para cada tipo da doença, há um tratamento específico. É necessário a realização de um exame do líquido cefalorraquidiano para diagnosticar qual agente infeccioso está presente no organismo. O tratamento geralmente é feito com anti-inflamatórios, antitérmicos e antibióticos, que em geral funcionam bem, mas devem sempre ocorrer sob supervisão.

Em todos os casos, a prevenção é o melhor remédio. Detectar e tratar os casos rapidamente evita a epidemia da doença. Também existem vacinas de prevenção, fundamentais. Outras maneiras de prevenir são: evitar aglomerações, manter os ambientes ventilados, manter uma boa higiene dos ambientes, higienizar bem as mãos e os alimentos.

Fonte: https://www.pfizer.com.br/sua-saude/Meningite